Palavra do Presidente



Prezados municipalistas,

Os centros históricos desempenham papel de destaque na dinamização econômica, social, cultural e turística de uma localidade e, por essa razão, são núcleos com grande potencial para a geração de riquezas, trabalho e renda.

O aproveitamento efetivo dessa potencialidade deve ser realizado a partir do estabelecimento de redes de cooperação entre governo, comunidade e iniciativa privada, a fim de implantar políticas públicas voltadas às ações de preservação, promoção e integração com a cidade e com um processo de desenvolvimento local inclusivo e sustentável.

Tendo em vista a publicação do Acórdão 3.155/2016 do Tribunal de Contas da União e com o objetivo de debater o cenário atual, os desafios e as oportunidades para as Cidades Brasileiras Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, como fatores fundamentais para implantação de políticas voltadas às ações de preservação, promoção e de valorização do patrimônio natural e cultural – de forma a promover o desenvolvimento sustentável dos núcleos históricos –, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), com o apoio institucional do Tribunal de Contas da União (TCU), realizarão o 3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, nos dias 11 e 12 de abril de 2017, em Brasília/DF.

A pauta do evento é diferenciada e direcionada aos Municípios tombados como Patrimônio Cultural Nacional e reconhecidos como Patrimônio Mundial Natural e Cultural e tem como intuito priorizar as discussões com foco nos temas afeitos a essas localidades.

A participação dos gestores locais é fundamental para o sucesso dessas iniciativas!!!

Paulo Ziulkoski
Presidente CNM